Perguntas Frequentes: Produto

Como é que posso poupar com o sistema INstant DHW?

Num instalação convencional sem circuito de retorno o utilizador tem de abrir a torneira para purgar a água fria da tubagem até que a água quente chegue a esse ponto de consumo, desperdiçando assim vários litros de água potável de cada vez que vai usar água quente.

Por outro lado, no caso desta mesma instalação ter um circuito de retorno (solução convencional), mais de 50% da energia consumida a aquecer água será desperdiçada devido a perdas de calor e ao consumo elétrico da bomba.

O sistema INstant DHW (IN) é a única solução no mercado que aquece instantaneamente a água estagnada no tubo de água quente (que fica fria quando não há consumo) evitando o desperdício de água sem aumentar o consumo energético.

Existem soluções alternativas no mercado para o problema?

As soluções disponíveis no mercado são baseadas no controlo do tempo de utilização do circuito de retorno com o objetivo de reduzir o desperdício energético. Alguns sistemas detetam o consumo de água quente e ativam o circuito de retorno para fazer chegar a água quente ao ponto de consumo, outros sistemas ativam a bomba com base no comportamento do utilizador.

No entanto, nenhum dos sistemas no mercado oferece uma resposta semelhante à utilização continua do circuito de retorno, ou seja, reduz o consumo energético à custa de uma redução do conforto, e por essa razão esta prática altamente ineficiente continua ainda a ser usada recorrentemente.

O INstant DHW fornece água quente de forma instantânea sem utilização da bomba de recirculação apresentando a mesma resposta de um circuito de retorno de utilização continua, mas sem o desperdício energético deste tipo de solução.

Como é constituído o sistema INstant DHW?

O sistema INstand DHW integra uma unidade de controlo central (Master) instalada junto ao ponto de aquecimento e uma bateria térmica IN+LFC instalada em cada um dos compartimentos servido por água quente.

O sistema pode ainda ser complementado com uma unidade que partilha os dados de utilização numa plataforma WEB de acesso exclusivo do utilizador.

Como se faz a instalação do sistema?

Os sistemas IN pressupõem a instalação em fase de obra da bateria térmica IN + LFC nos pontos servidos por água quente, ficando dentro da parede ou numa zona técnica do compartimento.

Como não tem manutenção a bateria térmica IN poderá ficar inacessível dentro da parede e a caixa LFC apresenta uma tampa exterior para a eventualidade de ser necessário substituir os sensores de temperatura, a electroválvula ou a unidade de controlo.

Para além dos componentes do sistema, é também necessário fazer a instalação do tubo de retorno e de um cabo de comunicação que ligará os controladores LFC ao sistema central.

Que tipo de informação posso retirar do estudo que propõem?

A ferramenta myDHW apresenta uma análise simplificada da rede de distribuição AQS fornecendo os tempos de resposta da água quente em cada compartimento, ou seja, ficará a saber em fase de projeto quanto tempo terá de esperar pela água quente em cada compartimento.

Para além dos tempos de reposta ficará também a saber qual a quantidade de água que irá desperdiçar no caso de não usar circuito de retorno e qual a quantidade de energia desperdiçada no caso de usar circuito de retorno.

Apresentaremos também uma sugestão do sistema IN adequado com indicação dos pontos de consumo onde recomendamos a instalação da bateria térmica e uma análise do retorno de investimento com base na solução proposta.

Perguntas Frequentes: Tecnologia

Qual o princípio de base das baterias IN?

As baterias térmicas IN combinam as características termodinâmicas de um material específico (Material de Mudança de Fase) com um permutador de calor de características únicas e geometria patenteada.

A capacidade de acumular calor a temperatura constante permite usar a bateria térmica para aquecer instantemente a água, que fica fria na tubagem quando não há consumo, repondo depois este calor apenas com a utilização de água quente.

Como funcionam as baterias IN?

As baterias IN são instaladas em cada compartimento fornecido com água quente sanitária de forma a aquecerem a água estagnada nas tubagens até à chegada da água quente.

Durante esta fase o material de mudança de fase (inicialmente no estado líquido) vai mudar de estado libertando calor e aquecendo instantaneamente a água. Como o calor é acumulado a temperatura constante a água quente é fornecida à misturadora a uma temperatura entre os 42 e os 45ºC.

De onde vem o calor acumulado?

No momento da chegada da água quente, o processo de mudança de fase é revertido e o material inicia a passagem do estado sólido ao estado líquido, tirando partido da temperatura de fornecimento da água quente que é neste momento superior à temperatura de mudança de fase do material.

A acumulação de calor é impercetível porque acontece apenas na gama acima dos 45ºC, ou seja, a água quente é sempre fornecida à misturadora acima de 45ºC.

No caso do tempo de consumo não assegurar a completa reposição do calor o sistema comunica com a unidade central para pedir o apoio ao circuito de recirculação por um breve momento.

As baterias térmicas IN estão ligadas à eletricidade?

Não, a bateria térmica IN não está ligada à eletricidade nem a nenhuma fonte adicional de energia usando apenas o fluxo de água quente durante o banho para repor o calor.

A caixa LFC (caixa de água) integra uma electroválvula e um controlador que apresenta um consumo elétrico inferior a 0,2W (custo energético anual inferior a 0,40€).

Qual o ciclo de vida das baterias térmicas IN?

A acumulação/libertação do calor é baseada num fenómeno físico estável e totalmente reversível que não apresenta qualquer tipo de degradação térmica durante a vida útil do equipamento.

A performance térmica das baterias IN tem uma garantia de 25 anos.